O instituto Butantan identificou uma nova variante recombinante do Sars-CoV-2, vírus causador da Covid-19, chamada de XG. Essa variante foi identificada pelo monitoramento genômico da instituição. A nova variante é resultado de uma mistura genética entre as subvariantes BA.1 e BA.2 da Ômicron.

Uma variante de recombinação surge quando uma mesma pessoa é infectada simultaneamente por duas cepas diferentes, ou duas sublinhagens da mesma variante, que misturam seu material genético dentro do organismo do paciente. É um processo comum entre os vírus, que já aconteceu outras vezes durante a pandemia.

Os pesquisadores do instituto reforçam que ainda não há motivo para preocupação, já que é normal encontrar novas variantes e ainda não se sabe se ela é mais transmissível, mais agressiva ou tem maior escape à imunidade por infecção prévia ou vacina.

Continue atento(a) e se cuidando.